• +351 919 757 504

Vou começar este blog por falar do que mais me atormentava no passado, sapatos! Calço 32 e calçado de adulta tamanhos pequenos eram só impossíveis de encontrar.

Para começar era deprimente só o facto de pensar que precisava de comprar calçado, onde ir, a esperança infundada de conseguir algum tamanho que miraculosamente servisse, o terror de saber que no fim teria mesmo de ir à secção infantil.

Os meus dias iniciavam sempre com esta realidade, escolhia o que vestir mas ao contrário das mulheres que calçam tamanhos "normais" não podia combinar os estilos e cores dos sapatos com a roupa, normalmente ficava-me pelos ténis e se na minha juventude isto me deixava triste, nos últimos anos já nem pensava muito no facto de que estava a usar uns ténis pretos com roupa azul escura ou um vestido mais formal com umas sandálias de criança. Mas, o não pensar muito não quer dizer que por dentro não me atormentava e havia dias em que a minha auto-estima ficava completamente abalada.

Cerimónias, galas ou coisas parecidas, mais um pesadelo! Podia ir de vestido de noite e sandálias

Secção Infantil não

de criança .... ou ténis! Casamentos, passagens de ano, reuniões de trabalho ..... Foram tantas as ocasiões que me deixaram frustrada e irritada porque NINGUÉM da indústria do calçado pensava nas pessoas como eu.

Depois temos a questão dos sentimentos menos próprios que enfim, não são dignos de uma senhora!!!

  • Inveja - As amigas têm e eu não, toda a gente têm e eu nada! Elas produzem-se, lindas, sapatos a condizer e eu .... fico a olhar!
  • Raiva  - Pelas pessoas que entre risinhos me mandavam para a secção infantil sem qualquer consciência do que isso fazia à minha auto-estima.
  • Complexos - Inevitavelmente alguns complexos faziam parte, o calçado restringe a forma como nos vestimos e acabava por me comparar a outras mulheres mais femininas e modernas. Depois, as amigas que em determinadas circunstâncias lhes apetecia calçar uns saltos altos ou pior ainda, umas plataformas e eu que normalmente já olhava para elas de baixo ainda me sentia mais pequena e diminuta.

Mas valha-nos a criatividade! Bem ou mal fui calçando e vestindo com todas as restrições inerentes aos meus pezinhos de Cinderela!

Os anos passaram, a minha busca por sapatos para o meu tamanho continuou e depois dumas tantas encomendas online que deram em mais desilusões resolvi que teria de fazer alguma coisa, nunca fui de ficar à espera que as coisas aconteçam e esta situação já se arrastava à demasiado tempo, com certeza não seria a única a sofrer com este problema, haveriam por ai mulheres a passar pelas mesmas restrições e foi assim que nasceu a  Cinderela Shoes!

Hoje, com o meu guarda-roupa bem mais composto, posso calçar o meu pé 32 com modelos modernos e elegantes para combinar com todos os estilos e cores e sou com certeza uma mulher mais feminina, feliz e concretizada.

Blog


Vou começar este blog por falar do que mais me atormentava no passado, sapatos! Calço 32 e calçado de adulta tamanhos pequenos eram só impossíveis de encontrar. Para começar era depr...

Read More

A pequena notável


Muitas de vocês não devem saber mas foi graças a uma Cinderela com pés pequenos como nós que as plataformas são tal como as conhecem...

Read More